O problema do para sempre, Jennifer L. Armentrout


15/01/2019
Brubs.

Mallory viveu muito tempo em silêncio. Mas o destino lhe reserva um novo desafio. E ela percebe que está na hora de encontrar a própria voz.
Já na infância, Mallory Dodge percebeu que só poderia sobreviver se ficasse calada. Teve que aprender a ficar o mais quieta possível. Aprendeu a passar despercebida. A se esconder. Mas agora, após ter sido adotada por pais amorosos e dedicados, ela precisa enfrentar um novo desafio: sobreviver ao último ano do Ensino Médio numa escola de verdade. O que Mallory não imaginava é que logo no primeiro dia de aula daria de cara com um velho amigo que não via desde criança, quando viviam juntos no abrigo. E começa a notar que não é a única que guarda cicatrizes do passado, além de uma paixão adormecida e inevitável.

Quando iniciei a leitura desse livro eu esperava uma leitura mais apaixonante, não que o mesmo não tenha sido, foi uma leitura muito boa mas esperava um pouco mais...

O problema do para sempre nos mostra a história de Mallory, ela viveu uma infância muito difícil não sofreu violências em sua antiga casa, mas sempre tinha uma anjo que a defendia e protegia que era seu amigo Rider. 
Rider era tão pequeno quanto Mallory mas já sabia o que acontecia a sua volta... até que um acidente aconteceu e a separou desse "inferno" onde morava e também separou de seu melhor amigo e protetor. Mallory logo foi adotada por uma família que a cuidou muito bem, porém depois de vários dias de tratamento devido, depressão, medo do mundo e etc... Mallory decide por conta própria seguir sua vida e dar uma segunda chance ao mundo,irá terminar seus estudos em uma escola, até porque estudava em casa com professores particulares, chegando na escola com quem ela se depara? Isso mesmo com Rider, vários sentimentos voltam a tona e ela se vê sem saber o que fazer, sentir e se comportar.

Esse é um livro com tema bem forte, a história de Mallory e Rider mexe muito com o emocional, tudo o que eles passaram e vão passar com o caminhar da história é algo lindo e edificante, são dois personagens que crescem bastante com andar da história. A autora trouxe algo para nos fazer pensar, porque isso é algo real, sabemos que acontece em muitas famílias sendo adotivas ou não, violências de todos os tipos é algo que infelizmente existe e é isso que o livro vem tratar...

Mallory e Rider são as estrelas do filme, se encontram depois de anos, sentimentos fortes os envolvem, mas será que é algo verdadeiro, sólido ou só é algo antigo e que não durará... E os pais adotivos de Mallory vão aceitar Rider? Mallory irá se fechar de novo? Rider continuará sendo protetor? São perguntas que nos rondam na leitura desse livro.

O problema do para sempre é um livro que dei 4 estrelas, demorei bastante para concluir a leitura mas foi por causa da faculdade, com certeza é um livro que indico, em alguns momentos a leitura torna-se cansativa, mas em suma foi um ótimo livro.

Observações sobre autora/livro:

Jennifer L. Armentrout, também conhecida como J. Lynn, é autora #1 do New York Times e do USA Today e best seller internacional, além de ter conquistado vários prêmios e um dos seus livros ser considerado o melhor do ano em ficção YA pela YALSA. Vive no oeste da Virginia. Quando não está escrevendo, ela passa seu tempo lendo, trabalhando, vendo filmes de zumbis, e fingindo escrever. Ela divide sua casa com o marido, um parceiro K-9 chamado Diesel, seu hiper Jack Russell Loki, e sua tartaruga de estimação chamado Michelangelo. Seu sonho de se tornar autora começou na aula de álgebra, onde ela passou o tempo escrevendo contos. Jennifer escreve livros adultos e Jovens adultos, fantasia e romance. O problema do para sempre foi publicado no Brasil pelo selo Galera Record em 2017 com um total de 392 páginas. Classificação: 4/5.

Comentários via Facebook

10 comentários:

  1. Oi amre
    Nunca li nada dessa autora, mas esse é um livro dela que me chama a atenção, já li opiniões muito positivas sobre!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem?
    Ainda não conhecia o livro, valeu pela dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  3. Olá, Brubs.
    Eu já li alguns livros da autora de outros gêneros e confesso que não gostei muito de nenhum deles. E por isso não sei se leria esse porque não teve nada na história que me chamasse a atenção.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Acredita que ainda não conhecia esse livro? Amei a apresentação, foi uma coisa que me fisgou muito, a história também me interessou! Já anotei a dica.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Oie Brubs =)

    Tenho esse livro em e-book, mas ainda não tive oportunidade de ler ele. Li um resenha super positiva dele na época do lançamento e isso acabou me convencendo a dar uma chance para a obra.

    Uma pena que o livro não tenho correspondido todas as suas expectativas.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar no livro, mas achei interessante. A realidade nos abrigos deve ser muito dolorosa e difícil, e uma trama que tenha esse pano de fundo soa relevante. Fiquei curiosa.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Oi
    eu gostei da leitura, apesar de ter um tema um pouco mais pesado, a leitura é leve e a escrita da autora é boa, que bom que também curtiu.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Brubs. Tudo bem?

    Sério, eu estou bem ansiosa para este livro, ao mesmo tempo em que estou um pouco receosa. No momento, estou evitando leituras pesadas, mas pretendo lê-lo em breve.

    Beijos,
    Blog Magia é Sonhar
    Canal Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Não conhecia esse livro, é realmente um enredo bem forte. Gosto bastante quando duas pessoas se reencontram depois de alguns anos, mas acho que irei sofrer haha Anotado.
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  10. Oiee!!

    Parece ser um livro bem de amorzinho adolescente/jovem, né?
    Não é meu genero preferido, mas as vezes eu gosto de ler, pra dar uma variada.

    Além disso, ele parece tratar de temas bem importantes né? Então com certeza vale a leitura para todas as idades.

    Bjão
    Início de Conversa

    ResponderExcluir