1001 livros para ler antes de morrer, Peter Boxall #2


18/01/2018
Aline Nascimento

Em uma postagem anteriormente contei para vocês que tinha como objetivo ler vários livros indicados no livro 1001 livros para ler antes de morrer do autor Peter Boxall, na mesma postagem falei dos livros que já tinha lido e livros que já tinha na minha estante, hoje vou falar dos livros que pretendo ler mas ainda não tenho, ou seja, os desejados; lembrando que esse é um projeto para vida não tem prazo de término.
Não tenho intenção de ler 1001 livros por isso selecionei os mais desejados, que já não é pouco então vamos para lista.





  • Desejados

Dom Quixote (1605) - Miguel de Cervantes Saavedra
As viagens de Gulliver (1726) - Jonathan Swift
Razão e sensibilidade (1811) - Jane Austen
Orgulho e preconceito (1813) - Jane Austen
Masfield Park (1814) - Jane Austen
Emma (1816) - Jane Austen
Frankenstein (1818) - Mary W. Shelley
O último dos moicanos (1826) - James Fenimore Cooper
O vermelho e o negro - (1831) Stendhal
O concurda de Notre-Dame - (1831) Victor Hugo
Oliver Twist (1833) - Charles Dickens
Ilusões perdidas (1843) - Honoré de Balzac
O poço e o pêndulo (1843) - Edgar Allan Poe
Os três mosqueteiros (1844) - Alexandre Dumas
A moreninha (1844) Joaquim Manoel de Macedo
O conde de Monte Cristo (1845) - Alexandre Dumas
Jane Eyre (1847) - Charlotte Brontë
David Copperfield (1850) - Charles Dickens
A letra escarlate (1850) - Nathaniel Hawthorne
Moby Dick (1851) - Herman Melville
Memórias de um sargento de milícias (1852) - Manuel A. de Almeida
Madame Bovary (1857) - Gustave Flaubert
Grandes esperanças (1861) - Charles Dickens
Mémorias do subsolo (1864) - Fiódor Dostoiévski
Viagem ao centro da terra (1866) - Júlio Verne
Crime e castigo (1866) - Fiódor Dostoiévski
Iracema (1865) - José de Alencar 
Mulherzinhas (1868) - Louisa May Alcott
O idiota (1868) - Fiódor Dostoiévski
Guerra e paz (1869) - Leon Tolstói
A volta ao mundo em 80 dias (1873) - Júlio verne
Senhora (1875) - José de Alencar
Anns Karenina (1877) - Leon Tolstói
Memórias póstumas de Brás Cubas (1881) - Machado de Assis
A morte de Ivan Ilitch (1884) - Leon Tolstói
O Ateneu (1888) - Raul Pompéia
Os Maias (1888) - José Maria Eça de Queirós
O cortiço (1890) - Aluísio de Azevedo
O retrato de Dorian Gray (1891) - Oscar Wilde
Quincas Borba (1891) - Machado de Assis
As aventuras de Sherlock Holmes (1892) - Sir Arthur Conan Doyle
Drácula (1897) - Bram Stoker
O cão dos Baskerville (1902) - Sir Arthur Conan Doyle
Os sertões (1902) - Euclides da Cunha
Morte em Veneza (1912) - Thomas Mann
Tarzan (1875) - Edgar Rice Burroughs
Ulisses (1922) - James Joyce
A montanha mágica (1924) - Thomas Mann
O processo (1925) - Franz Kafka
O grande Gatsby (1925) - F. Scott Fitzgerald
Mrs. Dalloway (1925) - Virgínia Woolf
O assassinato de Roger Ackroyd (1926) - Agatha Christie
O castelo (1926) - Franz Kafka
O sol também se levanta (1926) - Ernest Hemingway
Ao farol (1927) - Virginia Woolf
Em busca do tempo perdido (1927) - Marcel Proust
Orlando (1928) - Virginia Woolf
Macunaíma (1928) - Mário de Andrade
As ondas (1931) - Virginia Woolf
Reinações de Narizinho (1931) - Monteiro Lobaton
... E o vento levou (1936) - Margaret Mitchell
O hobbit (1937) - J. R. R. Tolkien
Ratos e homens (1937) - John Steinbeck
Vidas Secas (1938) - Graciliano Ramos
Rebecca (1938) - Daphne du Maurier
As vinhas da Ira (1939) - John Steinbeck
Sagarana (1946) - João Guimarães Rosa
Doutor Fausto (1947) - Thomas Mann
O tempo e o vento (1949) - Erico Verissimo
Eu, robô (1950) - Isaac Asimov
O apanhador no campo de centeio (1951) - J. D. Salinger
O velho e o mar (1952) - Ernest Hemingway
O senhor das moscas (1954) - William Golding
Grande sertão: veredas (1955) - João Guimarães Rosa
Lolita (1955) - Vladimir Nabokov
O senhor dos anéis (1954) - J. R. R. Tolkien
Gabriela, cravo e canela (1958) - Jorge Amado
Bonequinha de luxo (1958) - Truman Capote
Ninguém escreve ao coronel (1961) - Gabriel García Márquez
A redoma de vidro (1963) - Sylvia Plath
A paixão segundo G. H. (1964) - Clarice Lispector
O solar (1967) - Isaac Beshevis Singer
Cem anos de solidão (1967) - Gabriel García Márquez
2001: uma odisseia no espaço (1968) - Arthur C. Clarke
O poderoso chefão (1969) - Mario Puzo
Tenda dos milagres (1969) - Jorge Amado
O caso Morel (1973) - Rubem Fonseca
As meninas (1973) Lygia Fagundes Telles
A hora da estrela (1977) - Clarice Lispector
O iluminado (1977) Stephen King
O guia do mochileiro das galáxias (1979) - Douglas Adams
O nome da rosa (1980) - Umberto Eco
A casa dos espíritos (1982) - Isabel Allende
A lista de Schindler (1982) - Thomas Keneally
A coe púrpura (1982) - Alice Walker
O livro do desassossego (1982) - Fernando Pessoa
Memorial do convento (1982) - José Saramago
Neuromancer (1984) - William Gibson
A insustentável leveza do ser (1984) Milan Kundera
Ruído Branco (1985) - Don DeLillo
O conto da aia (1985) - Margaret Atwood
O amor nos tempos de cólera (1985) - Gabriel Garcia Márquez
Linguagem perdida (1986) - David Leaviatt
O pêndulo de Foucault (1988) - Umberto Eco
O evangelho segundo Jesus Cristo (1990) - José Saramago
As virgens suicídas (1993) - Jeffrey Eugenides
O leitor (1995) - Bernhard Schlink
Veronika decide morrer (1998) - Paulo Coelho
Os detetives selvagens (1998) Roberto Bolaño
Dois irmãos (2000) - Milton Hatoum
Reparação (2001) - Ian McEwan
A vida de Pi (2001) - Yann Martel
Budapeste (2003) - Chico Buarque

Comentários via Facebook

11 comentários:

  1. Oi, Aline!

    Que legal você ter se inspirado no livro pra criar sua própria lista de desejados. Pela quantidade, é um projeto sem prazo certo mesmo, mas espero que você consiga ler todos! Como a maioria são livros antigos, e não tenho muito costume de ler esse tipo de livros, ainda não cheguei a conferir nenhum desses, mas vou esperar pelas suas resenhas!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Carol.

      verdade é um projeto para vida pela quantidade, mas hoje eu já trouxe a resenha de Dom Casmurro depois se quiser passa lá na postagem para conferir. Beijos!

      Excluir
  2. Olá Aline! Tudo bem?
    Ahh que legal, adoro listas de livros assim! Gostei de ver a sua própria lista baseada nesse libro! até porque né.. 1001 livros é muita coisa, será que daria? hehe
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Tamara
      Para minha realidade eu não conseguiria por isso decidi fazer minha própria lista dentre os 1001 livros.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?

    Gosto muito desses livros de 1001 coisas.
    Queria muito conferir esse, pois sei que deve ter ótimas dicas.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssicas.
      Tem ótimas dicas sim, descobrir vários livros com ele.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Aline,
    Eu queria muito fazer essa lista dos 1001 livros, mas também dos 1001 filmes.
    Acho mega interessante, é cultura né?
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa de 1001 filmes deve ser muito bacana também...
      Caso faça vou querer conferir hein.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Aline!
    Sonho ler todos os 1001 livros,né?Mas a gente bem queria kkkkkkkkkk
    Já li alguns,mas acredito que não muitos,preciso atualizar minha lista.
    Boa sorte com as leituras!
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem que nós queríamos né Claudio rsrs.
      Atualiza sim, depois vou conferir.
      Beijos.

      Excluir
  6. Que livros maravilhosos! Meu sonho é conseguir ler todos eles. Dos seus desejados, por enquanto só li 14, mas é aos poucos que chegaremos lá hehehe.
    Amei o seu blog! Conheci por causa do Estúdio iunique (também fiz meu layout com eles) e já adorei!
    Beijinhos

    Toca da Lebre

    ResponderExcluir