Disputa Literária: À primeira vista, David Levithan & Nina Lacour


18/09/2017
Aline Nascimento

Olá corujas!
No mês de agosto retornamos com o projeto Disputa Literáriaque consistia em vocês escolherem um livro para nós duas (Aline e Brubs) ler e resenhar aqui no blog, nós escolhemos quatro livro para vocês votarem e mais uma vez o livro escolhido por vocês foi da Brubs À primeira vista - David Levithan e Nina Lacour, ou seja,  2x0 para Brubs; dessa forma segue resenha abaixo, em breve vamos liberar uma nova disputa ;)

Mark e Kate são da mesma turma de cálculo, mas nunca trocaram uma única palavra. Fora da escola, seus caminhos nunca se cruzaram... Até uma noite, em meio à semana do orgulho gay de São Francisco. Mark, apaixonado pelo melhor amigo — que pode ou não se sentir do mesmo jeito —, aceita o desafio que mudará sua vida. E sobe no balcão do bar em um concurso de dança um pouco diferente... Na plateia, Kate, fugindo da garota que ela ama a distância por meses e confusa por não se sentir mais em sintonia com as próprias amigas, se encanta pela coragem e entrega do rapaz. E decide: eles vão ser amigos. Em meio a festas exclusivas, fotógrafos famosos, exposições em galerias hypadas, essa ligação se torna cada vez mais forte. E Mark e Kate logo descobrem que, em muito pouco tempo, conhecem um ao outro melhor que qualquer pessoa. Uma história comovente sobre navegar as alegrias e tristezas do primeiro amor... uma verdade de cada vez.
Afinal quem nos conhece de verdade? O melhor amigo? A cara-metade? Ou um estranho na noite?

Esqueça amor “à primeira vista”. Esta é uma história de amizade “à primeira vista”... ou quase.
Esconder e negar e sentir medo não é jeito de tratar o amor. O amor exige coragem. Não importa a ocasião, o amor espera que nos ergamos [...]
Livro cedido em parceria pela editora Galera Record

Brubs: 
Sou suspeita para falar dos livros do Levithan, pois todos que li gostei muito e não foi ao contrário com esse. À primeira vista é um livro de descobrimento, de aceitação, pelo menos foi o que senti com essa leitura, personagens homossexuais, que vivem na dúvida, adolescentes que faltam aceitação, que tem medo dos que os outros vão pensar. Levithan tem o dom de conseguir transparecer nas palavras todas essas dúvidas e sentimentos, sentimos na pele os personagens.
O livro é narrado em primeira pessoa, sendo com os capítulos intercalados entre Mark e Kate. Ambos estão terminando o ensino médio. Mark tem uma paixão pelo seu melhor amigo Ryan. Kate é melhor amiga de Lehna, porém quer muito conhecer Violet prima de Lehna. A vida de Mark e Kate se cruzam e por sofrerem do mesmo sentimento ambos se tornam melhores amigos e um acaba ajudando o outro. Não vou me adentrar muito, pois tem a resenha da Aline também... Só posso dizer que é um livro lindo, com uma bela lição de amizade e autoconfiança. Levithan é um dos meus autores favoritos, então sou muito suspeita para falar qualquer coisa. Mas esse livro, entre todos que já li dele, foi o melhor depois de Will e Will. 
Se gosta desse tipo de leitura, ou quer começar ter o hábito da leitura, esse livro é um ótima pedida. É um livro que consegue ser juvenil, fofo, que fala de preconceitos e medos e por fim deixa uma grande lição. Super indico! Classificação: 3/5.

Aline:
Apesar de mais uma vez o livro escolhido por vocês não ter sido escolha minha rsrs, confesso que fiquei muito feliz em ter a oportunidade de ler À primeira vista, primeiro por ser um livro que tem como co-autor o David Levithan, nunca tinha lido nada do autor apesar de já ter recebido várias indicações, e outro motivo foi a temática, também nunca tinha lido nenhum livro com personagens homossexuais, além dessas observações o livro traz romances, descobertas e aceitações, mas o principal foco é a relação de uma amizade à primeira vista; estava participando de uma maratona literária e esse livro foi minha primeira leitura durante aquele período, realizei a leitura em um dia e meio, toda trama é desenvolvida em um período de uma semana o que torna uma leitura leve, fácil e rápida; apesar de todas essas características superficiais e muito fácil cativar-se por Mark e Kate e todos personagens secundários. Conseguimos compreender os dilemas daqueles adolescentes e torcer para que eles escolham e encontrem o caminho certo. Conseguimos entender os reais anseios e aflições pelo qual os dois estão passando. Terminei À primeira vista com um gostinho de quero mais, quero sim ler outras obras dos autores, e ter a oportunidade de conhecer mais personagens tão reais assim como Mark e Kate. Classificação: 4/5.

Obsevarções sobre o autor/livro:

David Levithan, é autor de Dois Garotos se Beijando, Will & Will (em coautoria com John Green), Todo dia e outros best-sellers do Ner York Times. Nina Lacour, é a premiada autora de Hold Still, The Disenchantments e Everything Leads to you. À primeira vista foi publicado pela Galera Record em 2017 com 292 páginas.

Comentários via Facebook

4 comentários:

  1. Olá, Aline.
    Eu acho que não lerie esse livro. A história não me interessou tanto. E também apesar de amar o David nunca me dou bem com esses livros que ele escreve em parceria com algum outro autor.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, que pena, como disse foi meu primeiro contato com o autor, espero ler outros livros do mesmo.
      Beijos!

      Excluir
  2. Acho a capa desse livro tão fofa! Adorei as opiniões de vocês, parece mesmo um livro de autoconhecimento e com foco na aceitação. Ótimas resenhas!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir