Treze temas abordados em 13 Reasons Why


05/04/2017
Aline Nascimento

A série 13 Reasons Why produzida pela Netflix baseada no livro Os 13 Porquês de Jay Asher teve sua estreia na última sexta-feira dia 31 de março de 2017, comecei assistir no sábado e ontem (terça-feira) assisti o décimo terceiro episódio (último episódio da primeira temporada), uma série teen dramática com suspense totalmente necessária. Com certeza uma das melhores séries que já tive oportunidade de acompanhar, qualquer pessoa de qualquer faixa etária terá oportunidade de apreender com 13 Reasons Why. É uma história que merece ser assistida e discutida.


Hannah Baker (Katherine Langford) tinha apenas 17 anos quando cometeu suicídio, após duas semanas Clay Jensen (Dylan Minnette) recebe em sua casa 7 fitas cassetes deixada por Hannah, essas fitas contém os 13 motivos ou melhor as 13 pessoas que de alguma forma tiveram envolvimento na decisão de Hannah cometer o ato do suicídio.
Clay sempre foi apaixonado por Hannah mas nunca conseguiu deixar isso muito claro, a primeira pergunta que fazemos e como Clay um cara que parece tão bacana está envolvido no suicídio da Hannah, afinal ele recebeu as fitas então ele também é um dos 13 porquês.

Treze temas abordados em 13 Reasons Why:

- Relação educadores, a maioria das cenas acontecem no ambiente escolar Hannah mostra indícios seja por um poema ou por uma conversa que sua vida não está como ela gostaria. Temos que ter noção do papel dos professores e da escola e como podem fazer a diferença na vida de um jovem.

- Relação pais e filhos, sabemos que nenhum filho nasce com manual de instrução e que na maioria da vezes os pais acham que estão agindo de forma correta quando não estão, nessa série temos pais que passam a mão na cabeça do seu filho, pais que acham que dinheiro resolvem tudo, uma mãe drogada que a cada semana tem um namorado novo, ou seja, sabemos que ter uma família estruturada faz toda diferença na vida de um jovem, e os diálogos são fundamentais nessa relação.

- Depressão, acredito que no decorrer dos anos mais informações foram surgindo e a maioria das pessoas já sabem que depressão não é frescura e sim uma doença que precisa ser tratada.

- Machismo, cada ano que passa as mulheres ganham mais espaço na sociedade e mostram que são capazes assim como os homens, mas nós sabemos que essa diferença ainda existe e em uma ambiente escolar isso não é diferente.

- Assédio moral, é "incrível" como cada um pode falar o que quiser, e se você é o alvo desse assédio problema é seu, as pessoas não se importa como aquela exposição e humilhação afeta a vida do outro; mostra como falta empatia nas pessoas. Em todos os episódios existe alguma cena que o assédio moral é introduzido e o pior isso já faz parte da vida daqueles alunos.

- Assédio físico, essa série nos mostra como alguns garotos acham o ato de passar a mão nas meninas normal, afinal elas são fáceis, afinal a reputação delas não são boa, afinal elas já fizeram isso com fulano. Percebemos como a autoestima de uma garota pode ficar abalada após essas agressões.

- Adolescência, de oitenta a noventa por cento do elenco dessa série são jovens, é uma série teen e nos mostra como é difícil esse período de formação, como algumas escolhas erradas podem afetar uma vida inteira.

- Alcoolismo, acompanhamos como os jovens estão cada vez mais inserido nesse mundo do álcool, quando está alegre uma garrafa para diversão, quando está na bad uma garrafa para consolar.

- Drogas, como todos falam é apenas um cigarro ou uma farinha, é apenas para curtir, apenas para relaxar, quando eu quiser eu não fumo mais. Mostra como os jovens estão cada vez mais tendo acesso as essas drogas ilícitas.

- Homofobia, na teoria sabemos como as pessoas super aceitam as diversidades, porém essa série nos mostra que na prática e totalmente diferente, pessoas que convivem diariamente com isso que deveria ter uma mente aberta e se aceitar mais fácil; não estão preparadas para isso.

- Cyberbullyng,  é um tipo de violência praticada contra alguém através da internet ou de outras tecnologias relacionadas. Praticar cyberbullying significa usar o espaço virtual para intimidar e hostilizar uma pessoa (colega de escola, professores, ou mesmo desconhecidos), difamando, insultando ou atacando covardemente. Fonte. O primeiro episódio traz como tema esse tipo de bullying é dessa forma que começa os 13 porquês.

- Estupro, esses episódios sim no plural foram os mais difíceis para eu assistir, e mostrado claramente como tudo aconteceu e como a pessoa que cometeu "se acha" no direito de cometer aqueles atos.

- Suicídio, ao final dos treze episódios entendemos os reais motivos que levaram Hannah cometer suicídio, acho que um dos grandes aprendizados que fica após essa série e que às vezes o que não é relevante ou significativo para uma pessoa e extremamente devastador para outra pessoa, precisamos ter mais empatia sim, precisamos colocar-se no lugar do outro, podemos sim fazer diferença na vida de uma pessoa e quem sabe ajudar a superar momentos difíceis.

Como vocês perceberam são temas fortes e pesados reunidos em uma única série, a Netflix não teve medo de apresentar de forma realista, essa série é um tapa na cara da sociedade, um soco no estômago, mas afirmo novamente totalmente necessário. Caso não começou assistir ainda (acho difícil) de uma chance para essa série e tire as próprias conclusões.

Comentários via Facebook

25 comentários:

  1. Line, preciso assistir a série pra gente debater os assuntos, adorei o post, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que você já assistiu depois me conta sua opinião!
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Aline!
    Eu quero muito ver essa série. Ainda não comecei porque quero ler o livro antes (desejo ele há muuuito tempo, mas nunca consegui comprá-lo). Sei que vou adorar a história porque se relaciona muito com o que estudo e vivencio, de certo modo.
    Ótimo post!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro!
      Obrigada, espero que você goste assim como eu!
      Abraço.

      Excluir
  3. Oii Line!
    Gostei da sua postagem, acredito que todos deveriam assistir a série, e tirar lições e aprendizados com a mesma. As cenas de estupro só não foram piores do que a cena do suicídio, mas foram de longe os três momentos mais marcantes na série.

    Precisamos debater sobre esses assuntos, pois ainda não consegui digerir direito tudo o que assisti.

    Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju
      Concordo plenamente, verdade a cena do suicídio é muito forte mesmo.
      Todos que assistem acho que fica com essa sensação de precisar falar sobre e tals.
      Beijos

      Excluir
  4. Oie Aline =)

    Ainda não tive a oportunidade de assistir a série, mas pretendo começar a ver nesse final de semana. Os temas que ela aborda são importantes e fico muito feliz em ver que aos poucos vários tabus estão sendo quebrados em nossa sociedade.


    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane...
      É verdade há alguns anos atrás esses temas não era visto e assistido de forma alguma.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Aline! Eu assisti a série no último fim de semana e ainda estou impactada com a história. temas fortíssimos! Excelente post!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,
      É verdade uma série muito forte, muito impactante.
      Obrigada! Beijos.

      Excluir
  6. Olá, Aline.
    Terminei o ultimo episódio agorinha. Eu já tinha lido o livro e não tinha apreciado muito por ter lido um com o mesmo tema um pouco antes, mas a série eu achei ótima. Eles abordaram esses vários temas que você citou de uma maneira bem realista. Tomara que as pessoas mudem de atitude depois de assistir a série. Gostei bastante da postagem.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil.
      Não tive a oportunidade de ler o livro, mas já vi algumas pessoas comentando que a série foi desenvolvida melhor do que o livro. Concordo plenamente! Obrigada e beijos.

      Excluir
  7. Olá, Aline!
    Tudo bem?
    Eu também já conferi 13 Reasons Why e adorei. De fato, a série traz temas pesados, mas de extrema importância. São assuntos dos quais estão presentes no dia-a-dia de todos nós, mas que muitos vezes escolhemos ignorar, o que não é o certo.

    Enfim, é uma série incrível e que TODOS deveriam dá uma oportunidade.

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renato. Tudo bem...
      Verdade são temas fortes e impactantes mas completamente necessários.
      Beijos

      Excluir
  8. Eu ainda não assisti essa série porque estou colocando algumas que eu já tinha para assistir em dia e porque comprei o livro recentemente e ainda não o li, então quero ler o livro primeiro. Mas por todas as críticas que já li sobre a série e só por saber sobre o que ela se trata é notável a importância de uma série para a nossa sociedade que mesmo entando no século XXI, tem atitudes do passado.
    Logo, logo irei assistir!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi depois quero saber sua opinião, é uma série que aborda temas que precisam ser discutidos.
      Beijos

      Excluir
  9. Oi, Aline.
    Gosto bastante desse gênero porque acho que é uma forma de conscientizar as pessoas sobre esses temas. Mesmo que seja triste.
    Ainda não assisti a série, mas sei que vou gostar e me emocionar. Muitas pessoas estão elogiando, não vejo a hora de conferir também.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sávio, acho que é impossível não se emocionar! Tem cenas e temas bem impactantes.

      Excluir
  10. Oi Aline,
    Essa série é bem forte para mim.
    Acredita que eu não consigo ver em sequência? Eu choro em quase todo episódio.
    Vou em doses homeopáticas, para me fazer mais forte.
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meninaaa eu também não consigo assistir tudo de uma vez HSAUSHA Chocada que minha prima viu tudo em um dia, eu vejo um ep e passo o resto do dia chorando em posição fetal HSAUSHAH

      Excluir
    2. Acho que assisti em quatro dias essa série, é super compreensível tem cenas muito forte! A carga emocional é difícil de segurar!
      Beijos

      Excluir
  11. Oi Aline!
    Ainda não assisti essa série, mas estou curiosa. Pelos temas abordados, ela parece ser boa mesmo.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Sora, acho que você deve assistir!
      Beijos

      Excluir
  12. Ooi Aline, tudo bom??
    Adorei o livro apesar de ter esperado um pouquinho mais, mas já vi que a série da Netflix está incrível, temas importantíssimos \o
    E realmente como falta empatia nas pessoas! Não consigo ver todos os eps de uma vez mas não vejo a hora de terminar <3
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mandy
      Pura verdade falta muito empatia nos dias de hoje.
      Beijos

      Excluir