O Nome do Vento em 2017 [Primeiras Impressões]


19/04/2017
Aline Nascimento

Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso.
Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O nome do vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano - os lendários demônios que assassinaram sua família.
Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita de que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade. 
Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelado, assim como sua multifacetada personalidade - notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame. 
Nesta envolvente narrativa, o leitor é transportado para um mundo fantástico, repleto de mitos e seres fabulosos, heróis e vilões, ladrões e trovadores, amor e ódio, paixão e vingança.

Esse projeto #ONomedoVentoem2017 era para ter começado e terminado em Janeiro, porém consegui ler as primeiras 165 páginas dentro do cronograma (postagem aqui), porém como não fiz essa postagem contando minhas primeiras impressões acabei fugindo totalmente das datas e quase três meses depois estou aqui para fazer o primeiro relato. Após liberar essa primeira postagem espero conseguir dar continuidade nesse projeto e conseguir finalizar até Maio, ou seja, ainda terá mais três postagens conforme cronograma inicial porém dessa vez não vou colocar uma data.

Kote é proprietário de uma hospedaria, leva um vida comum e simples; porém um cronista que acaba de entrar em sua humilde estalagem acredita que Kote na verdade é Kvothe uma pessoa que é conhecida por suas habilidades, um lendário, o matador do rei. Kote no começo não aceita as perguntas do cronista, mas enfim decidi que é a hora de revelar a verdadeira história, o seu lado da história, mas tem uma condição o cronista terá que ter disponibilidade para três dias, pois esse será o tempo que Kvothe precisará para contar toda sua história.

E assim começa essa grande jornada, O Nome do Vento - A crônica do Matador do Rei que contém 651 páginas e apenas o primeiro dia. Em uma escrita poética vamos conhecendo os verdadeiros caminhos que Kvothe teve que percorrer. Assim ele começa contar tudo desde sua infância, como sua família era feliz, eles pertencia a uma trupe que levava alegria há varias cidades; como era sua relação com Abenthy (Ben) uma espécie de mentor, um arcanista que lhe trouxe ensinamentos para vida. Porém a vida de Kvothe muda quando sua trupe "esbarra" com os Chandrianos (demônios assassinos que utilizam uma chama azul para cometer o mal).

Assim como o cronista ficamos cada vez mais interessados no relatos de Kvothe, a narrativa vai se alternando entre o passado e o presente, confesso que as narrações do passado são as mais envolventes, em apenas um pouco mais de 100 páginas já conseguimos perceber a grandiosidade que é essa história, Patrick Rothfuss criou um mundo único, uma trama envolvente cheia de elementos fantásticos. Após escrever essa postagem percebo que preciso dar continuidade logo nesse projeto e trazer logo as próximas postagens.

Comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Oi Aline,
    Parece um livro muito interessante.
    Boa sorte no projeto de leitura, não conhecia a obra.
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aline!
    Esse livro é muito bom. Leitura indispensável para quem curte o gênero Fantasia. Li há certo tempo e curti todo o desenvolvimento. O Rothfuss é um autor incrível e não desaponta.
    Espero que consiga concluir a leitura o quanto antes e aprecie a obra de modo geral.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro, eu estou curtindo muito, tenho certeza que será assim até o final. Muito obrigada!
      Abraço

      Excluir
  3. Oi Aline!
    Tenho muita vontade de ler esse livro, parece ser ótimo!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora!
      Está sendo mesmo, quem sabe você não anima agora!
      Beijos

      Excluir