Lola e o garoto da casa ao lado, Stephanie Perkins


11/04/2017
Brubs.

A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro.
Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

A vida é curta demais para sermos a mesma pessoa todos os dias. 
Valorizam demais o que é perfeito. Perfeição é um tédio.
Cerejas representam o primeiro amor. Em outras palavras, esta caminho onde você está leva ao primeiro amor.
Sei que você não é perfeita, mas são as imperfeições de uma pessoa que a tornam perfeita para alguém.
Essa resenha foi postada no meu antigo blog, Livros de cabeceira, fiz uma nova edição para trazer novamente o que a leitura desse livro me trouxe. Brubs.

Quando a Novo Conceito divulgou a capa do livro, pensa em um amor à primeira vista. Sim, isso aconteceu comigo, coisa difícil de se acontecer vindo das capas da Novo Conceito... Mas com o cabelo de Lola na capa, como não se apaixonar?!

Na época era parceira da editora e assim que o livro chegou, já peguei para ler. E de cara já fui me apaixonando pelos personagens. Como não se apaixonar por Lola, Cricket e os pais gay de Lola????

Achei super legal os pais de Lola serem um casal de homossexual, sim Lola tem dois pais e achei isso muito curioso e criativo.

Lola e o garoto da casa ao lado nos mostra um romance cheio de humor, onde Lola namora com Max, um cara de 22 anos e integrante de uma banda de rock. Quando Lola acha que está tudo bem, Cricket, seu ex-vizinho, ou seja, o garoto da casa ao lado, volta a ser seu vizinho, Lola se vê em um caminho sem volta, porque sabe que com isso muitas coisas que estavam enterradas lá no passado voltarão com a corda toda, principalmente uma paixonite.

E para ajudar: Cricket é nerd, mais um nerd lindo, legal e fofo.

Muita coisa rola durante a leitura e só lendo para saber. Perkins está de parabéns com o livro, eu amei a escrita da autora, não a conhecia e esse foi o meu primeiro livro dela que li, ela é a autora de Ana e o beijo francês, no qual foi o primeiro a ser lançado. Porém eu comecei por esse, não importa a sequência, o que é legal mesmo e que os personagens dos livros são amigos, então as histórias se misturam. Em Lola os personagens são super bem feitos e cada qual em seu devido lugar. 

Em breve trago a resenha de Isla e o final feliz da mesma autora e que segue essa linha de amigos entre livros.

Observações sobre o autor/livro:

Stephanie Perkins sempre trabalhou com livros, primeiro como vendedora, depois como bibliotecária e agora como romancista. Adora café moca, contos de fadas, música alta, caminhadas na vizinhança, chá de jasmim e tirar sonecas à tarde. E beijar. Stephanie e seu marido moram nas montanhas do norte da Califórnia. Lola e o garoto da casa ao lado foi publicado no Brasil pela Editora Nova Conceito em 2012 com um total de 285 páginas. Classificação 4/5.

Comentários via Facebook

3 comentários:

  1. Ooi Brubs, tudo bom??
    Lolaaa meu amorzinho <3 Adoro os livros da autora e também adorei essa capa, e olha que eu não costumo gostar quando aparece o rosto das pessoas na capa HSUAHSUA
    Ahazou com a resenha \o
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
  2. Olá, Brubs.
    Eu adorei esse livro e ganhei o kit da editora também, mas foi em um sorteio. Acho que veio um mecha de cabelo rosa não foi hehe. Mas o meu favorito ainda é o Anna.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim foi uma mexa rosa que usei e me lasquei pq enrolei ele todo no cabelo e quase não consigo tirar kkkk Prefiro Lola :D

      Excluir