Sombras do medo, Camila Pelegrini


11/12/2016
Aline Nascimento

Em um futuro pós destruição em massa, provocada pelas guerras humanas e desastres naturais - para os quais os humanos também contribuíram grandemente - o mundo é dividido em 5 grandes regiões. Em cada uma delas vivem ordinários e singulares, pessoas com ambições completamente diferentes. Estes dominam o mundo. Aqueles tentam tão somente sobreviver.
E ao viverem dessa forma, a bondade beira à extinção. O caos reina em seu lugar, despertando forças malignas que há muito esperam para serem alimentadas.
A maior guerra de todos os tempos finalmente começa e a humanidade já se encontra em desvantagem.
E em meio a tanto ódio e destruição, será o amor capaz de afastar as Sombras do Medo?
Hoje, infelizmente, a vida humana é um problema para a natureza.
Talvez um dia a gente deixe de alimentar o caos e passe a alimentar a vida.
- Ele não pode suportar a ideia de viver em um mundo em que as pessoas sejam iguais, apesar de todas as diferenças. 
Esse mundo que conhecemos já não existe mais em Sombras do Medo, após muitas guerras e desastres naturais a terra foi reconstruída porém divida entre singulares e ordinários, foi construída uma muralha que divide os povos, os ordinários que vivem fora da muralha trabalham diariamente apenas para ter o mínimo para sobreviver, os singulares que vivem protegido pelas muralhas conseguem ainda usufruir do bom e do melhor do que restou, fazendo dos ordinários criados.

Os ordinários não tem permissão para entrar na parte protegida dos singulares, os ordinários mais velhos ainda conseguem lembrar de como era a vida antes da muralha, mas os jovens não tem perspectiva e sonho nenhum pois a única vida que eles conhecem é aquela que os singulares oferecem.
Plantas e animais foram extintos. A única ambição do lado de fora da muralha é trabalhar para sobreviver.

Nossa protagonista Anabele vive fora da muralha, mora com sua mãe Amanda, perdeu seu pai ainda criança, seu amigo Vicent está sempre por perto e protegendo. Anabele é dona de um dos corações mais bondosos, ajudar o próximo faz parte do seu dia a dia. Amanda é uma super mãe, com os melhores conselhos.

Henry aparece na província e mesmo com uma personalidade sarcástica consegue se aproximar e fazer o coração de Anabele acelerar o que causa muita irritação em Vicent. As pessoas chamam Henry de forasteiro pois ele apareceu do nada e se instalou naquela pequena província. Confesso que eu já tinha imaginado quem realmente seria Henry e não me trouxe surpresa nenhuma quando enfim foi revelado.

Mas o drama dessas pobres pessoas só aumentam quando criaturas voadoras nunca vistas antes começam incendiar a província e pessoas começam desaparecer.

Como já comentei algumas vezes aqui quero muito aumentar minha lista de leituras de livros nacionais, durante a black friday o mês passado a Camila Pelegreni organizou no facebook um evento com várias promoções de vários autores nacionais, acabei comprando o livro dela,  super me chamou a atenção por ser uma distopia (nunca tinha lido uma distopia nacional) e ainda uma distopia fantástica. E posso dizer que fiquei surpresa com a escrita da Camila uma escrita simples e fluida, os capítulos são curtos o que traz agilidade para a leitura, elementos que são essenciais em livros cheio de ação.

Outro ponto positivo é que e um livro único, Camila conseguiu inserir tudo que era necessário em apenas um livro, vamos combinar que está sendo raro livros de distopias e fantasias únicos.

Não sou de derramar lágrimas lendo, sempre fico muito emocionada mas lágrimas não, e Sombras do medo conseguiu fazer eu derramar algumas lágrimas. Obrigada Camila. 

Ponto negativo? Se tivesse que mencionar alguma coisa que não gostei, seria o fim de uma personagem, ela foi uma personagem importante para trama, gostaria que ela tivesse algo mais elaborado.

O livro foi bem feito, com uma ótima diagramação, achei alguns erros de digitação mas nada que atrapalhe a experiência da leitura. Andei pesquisando e esse é o primeiro trabalho da autora, ela já tem outro livro publicado Aos olhos de Zoe que estou com muita vontade de fazer a leitura também.

Obsevarções sobre o autor/livro:

Camila Pelegrini estudante de direito e professora de inglês, a nova escritora é de mogi guaçu e é uma consumidora assídua de livros. Sombras do medo foi publicado pela editora Garcia em 2014, já no ano de 2015 ele foi publicado pela editora editora Arwen ganhando uma nova edição com 291 páginas. Classificação 4/5.

Comentários via Facebook

4 comentários:

  1. Olá, Aline.
    O enredo é bem mais do mesmo, mas para quem é fã do gênero como eu, já dá vontade de ler hehe. Gostei muito de ser livro único, por isso acho que vou ler assim que der. J´[a li alguns livros da editora e gostei do capricho deles.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil...
      Leia sim como gosta do gÊnero irá gostar desse enredo.
      Nunca tinha lido nada da editora e também gostei do capricho.
      Beijos

      Excluir
  2. A Camila, além de ótima escritora, é um amor de pessoa. Tive o prazer de conhecê-la pessoalmente no lançamento do livro As faces da Luz, da Tati Durães.

    Parabéns pela resenha, e espero que consiga adquirir Aos olhos de Zoe tbm.


    Abraços,
    Ju
    rainhadaepifania.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, gostaria muito de conhecer a Camila pessoalmente, depois desse comentário então rsrs...
      Muito obrigada.
      Beijos

      Excluir