#GIRLBOSS, SHOPIA AMORUSO


20/11/2016
Aline Nascimento


A primeira coisa que Sophia Amoruso vendeu na internet não tinha nada a ver com moda - foi um livro roubado. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde.
Foi aí que decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Se tornou CEO e diretora criativa da Nasty Gal.
Sophia nunca foi uma CEO típica, nunca foi típica em nada, e escreveu #GIRLBOSS para gente de fora (e de dentro) da área em busca do seu próprio caminho para o sucesso, mesmo quando esse caminho é absurdamente sinuoso e se tenha que ouvir muitos não.


Sophia Amoruso está construindo um império da moda - The Cut, revista New York
A cinderela do mundo virtual - The New York Times
Em GIRLBOSS Sophia Amoruso narra sua história, uma criança com problemas na escola, uma adolescente rebelde que não se estabilizava em nenhum emprego e uma adulta que é fundadora, CEO e diretora criativa da loja virtual Nasty Gal que conta com mais de 350 funcionários e é avaliada em mais de 100 milhões de dólares.

Sophia nos apresenta todas as fases da sua vida as melhores e as piores, uma menina que nunca conseguiu focar nos estudos e nos trabalhos padrões, a dificuldade em aceitar o capitalismo, e a vida hippie que levava.

Sophia deu a volta por cima e hoje é um exemplo, mas uma das suas revelações no livro é que a primeira coisa que vendeu na internet não foi uma peça de roupa e sim um livro roubado, porém sem grandes pretensões um dia entediante em um dos seus serviços aos 22 anos ela decidiu vender roupas de brechó no eBay, após uma longa jornada ela saiu do Ebay e abriu sua primeira loja virtual assim nascia a Nasty Gal. Mas não fique pensando que tudo caiu do céu, Sophia trabalhou arduamente sozinha para aos poucos conseguir montar uma equipe que tinha os mesmos objetivos que ela. Cada parceria nova, cada funcionário novo, cada decisão nova era analisada profundamente por Shopia; desde embalar mercadorias até conversar com um possível investidor, Sophia conhece todas essas etapas; e com certeza a diferença está no atendimento aos seus clientes, Nasty Gal faz questão de atender e antecipar as necessidades.

GIRLBOSS é um livro cheio de dicas, adorei a sinceridade da Sophia em suas palavras, ela não teve medo de nos mostrar a Sophia de dez, quinze anos atrás e a Shopia mulher, corajosa, empreendedora de agora. É uma leitura leve e inspiradora, indico para todos sem objeção.

Obsevarções sobre o autor/livro:

Sophia Amoruso tranformou o hobby de vender roupas de brechó no eBay na Nasty Gal, que foi considerada "a varejista de crescimento mais rápido" pela revista Inc. em 2012. Este é o primeiro livro dela, aqui no Brasil foi publicado em 2015 com 247 páginas pela editora Seoman, classificação 5/5.

Loja virtual: www.nastygal.com

Fonte: Chapter Friday

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário