Improváveis Deslizes, Carol Teles


16/01/2018
Aline Nascimento

Depois da trágica morte de sua irmã, Noah descobriu o que era culpa e ódio. Passou anos arquitetando como reparar o maior de seus deslizes, numa busca incensante que custaria a sua humanidade, e talvez a própria vida.
Em meio a descobertas perigosas, jogos políticos sádicos e um leque de problemáticas relações familiares, o homem solitário tenta encontrar paz em meio a vingança, ignorando as pessoas que gostam dele, mas acolhendo qualquer um que possa vir a ser útil para seus planos. O que ele não esperava, era que as pessoas que viriam a ser úteis para seus planos, pudessem ser as mesmas que gostavam dele.
Sombrio, misterioso e com a narrativa caótica das mesas de poker, Improváveis Deslizes mostra ao leitor que nem sempre é possível procurar por monstros sem se tornar um no caminho. E que mesmo o mais lógico dos nossos erros, podem ser simplesmente improváveis deslizes.

Ebook cedido em parceria com autora

Com apenas dez anos de idade Noah Hazim se vê diante do pior dia da sua vida, a morte da sua irmã de apenas cinco anos, essa dor transformará Noah em um homem frio, calculista, e que não medirá esforços para encontrar o verdadeiro culpado pela morte da pequena Bekah mesmo dezesseis anos após esse crime.

Os Improváveis era um grupo de crianças lideradas pelo "Chefe" Noah, ele acolhia todos que de alguma forma era rejeitados; mas após a morte de Bekah e a transformação de Noah que só busca vingança aqueles Improváveis acabaram se distanciando.

Noah tem um relacionamento muito difícil com seu pai Big Efe um importante político de Vitória, afinal pouco tempo antes de Bekah ser morta ele deixou sua mãe doente para viver com sua nova família, uma senadora, mãe das Improváveis Emily e Zoe o que acabou distanciando Noah ainda mais daquelas Improváveis.

Para que o pai mantenha o tratamento de sua mãe, Noah submete-se a jantares, reuniões, mantém um bom comportamento no âmbito politico e perante as câmeras, mas isso não apaga sua sede de vingança.

Carol Teles construiu uma trama que aborda temas como esquizofrenia, tráfico, jogos políticos, dores, amores e amizades, e em nenhum momento ela perdeu-se na construção dessa história, tanto os personagens principais quanto os secundários são muito bem construídos, cada qual tem suas características e personalidade muito bem formada, é uma história instigante, assim como Noah você quer descobrir quem matou Bekah (vamos combinar que eu não desconfiei em momento algum), apesar de ser um livro com mais de quinhentas páginas torna-se uma leitura rápida. Um ponto negativo que acredito que pode ser melhorado é a revisão, encontrei muitos erros de digitação o que não atrapalhou minha experiência de leitura, mas que certamente poderá incomodar algumas pessoas. Para quem é assinante do kindle unlimited o livro está disponível. Com certeza é um livro nacional que eu recomendo!

Obsevarções sobre o autor/livro:

Carol Teles, sempre soube que seu universo pessoal estaria relacionado aos livros. Assim, tentou, primeiro, exercer a profissão de professora, que não deu muito certo, passando, então, para a de bibliotecária e, atualmente, para a de agente de saúde, além de ser mãe, blogueira e escritora. Leitora compulsiva, tem mais livros em casa do que roupas no armário. Apaixonada por Tolkien e D’Avenia, aprendeu a ser uma boa observadora das pessoas e de fatos da vida. Foi assim que começou a escrever textos pequenos, na escola, até que, de acordo com ela, do nada lhe surgiu uma ideia, a qual logo vislumbrou que culminaria em um livro. Juntou essa intuição à sua segunda grande paixão artística, a música, criando A Mais Bela Melodia. Improváveis Deslizes foi publicado de forma independente no formato ebook em 2017 contendo 571 páginas. Classificação: 4/5

Instagram: @caroltelesbispo
Twitter: @mundirreparavel
Página do Facebook: Carol Teles

Os 12 signos de Valentina, Ray Tavares


15/01/2018
Brubs.

Isadora é ariana e seu ex namorado pisciano... Inferno astral! Em busca da combinação astrológica perfeita, ela cria um blog para relatar suas experiências. Isadora descobriu da pior forma possível que o namorado a traíra. E com sua melhor amiga, ainda por cima! A estudante de jornalismo entra numa fossa sem fim. Sem nenhum estágio à vista, ela se afoga em filmes feitos para chorar, pizza e em sua mais nova obsessão: stalkear o perfil do ex namorado no Facebook. Até descobrir exatamente o que deu errado entre ela e Lucas: seus signos são incompatíveis. Basta encontrar um rapaz de libra e seu mundo entrará nos eixos novamente. Com a nova obsessão e a desculpa do trabalho final de jornalismo online, uma reportagem investigativa sob um pseudônimo, Isadora une o útil ao agradável e cria um blog para relatar a experiência: Os 12 signos de Valentina. Já que precisa encontrar o libriano perfeito, por que não aproveita e experimenta os outros signos do zodíaco para ter certeza mesmo?

Livro cedido em parceria pela editora Galera Record
“Não é o tempo que você passa com a pessoa que define o comprometimento, e sim a facilidade  com a qual vocês desistem um do outro.”
“Viver no passado é não dar a chance para o presente, vingar-se de alguém é destruir qualquer chance desse passado continuar nos assombrando.”
“E o que é a vida se não um desfile de triunfo e fracassos?”
Isadora, ou melhor Isa, é nossa personagem principal, ela foi traída pelo namorado Lucas e passou meses em um fossa incrível, até que um dia Marina sua prima consegue tirar ela de casa e levá-la para balada, onde lá ela bebeu todas e mais algumas, deu em cima do barman e teve a ajuda moral de uma faxineira onde disse que o segredo para um bom relacionamento estava no zodíaco e sim nesse mesmo dia ela conheceu Andrei.

Já na faculdade o professor Varella passou um trabalho no qual os alunos deveriam montar um blog de cunho investigativo, Isa junto com sua prima tiveram a ideia de que o trabalho dela seria sobre zodíacos, então o blog “Os 12 signos de Valentina” estaria criado, onde Isa iria passar o rodo nos zodíacos, isso mesmo Isa iria se relacionar com um cara de cada signo. Logo que montou o blog, Marina já arrumou um carinha para Isa e assim começa a aventura de Valentina.

Já dá para perceber que é uma história adolescente, uma história cheia de aventuras e enrascadas engraçadas, Isadora é uma garota doce, simpática, delicada como um "coice de mula", mas fiquei apaixonada por ela, ela nos tira vários sorrisos e risadas durante o livro inteiro.

A escrita de Ray Tavares é uma das melhores que já li recentemente, é leve, divertida e de fácil entendimento. A ideia do livro é muito boa, não recomendo ninguém a passar o rodo no zodíacos, vai que você encontra o lado negativo de algum dos zodíacos não é mesmo? Mas agora falando sério, a forma com que Ray quis trabalhar a traição pela qual Isa passou e a volta por cima dela foi algo inovador, onde fez a Isa amadurecer e se conhecer, acho que ajudará muito pessoas dar a voltar por cima e retornar a autoestima e ao amor próprio, a gente vê principalmente jovens quase se matando por causa de fim de relacionamentos, certeza que esse livro por mais divertido que seja ele tem uma lição valiosa para essas pessoas.

Aaaaah! Tava quase esquecendo de falar de Andrei, esse personagem é a carta da manga do mágico, esse tem um papel importantíssimo, no qual me fez ficar de olhos marejados. Só sei que recomendo esse livros de olhos fechados.

Obsevarções sobre o autor/livro:

Raíssa Carolina Tavares Jacobucci (Ray Tavares) nasceu em 19 de Abril é do signo de Áries, começou escrever fanfics aos 13 anos. Em 2014 entrou na plataforma Wattpad e conquistou muitos leitores. Os 12 signos de Valentina foi publicado pela Galera Record em 2017 com 392 páginas. Classificação: 4/5.

Melhor série de 2017: Stranger Things


14/01/2018
Aline Nascimento

Fonte: Google Imagens
Stranger Things, sabe aqueles filmes dos anos 80 essa série traz essa nostalgia, quatro amigos (Will, Mike, Dustin e Lucas todos entre 11 e 12 anos; após uma partida de um jogo na casa de Mike, Will volta para sua casa e desaparece, todos ajudam na buscas, porém coisas sobrenaturais começam acontecer na pequena cidade, os amigos não conseguem ficar longe das investigações, eles fazem rondas noturnas em suas bicicletas em busca de alguma pista de Will; durante uma noite eles encontra Onze uma menina de cabeça raspada, que tem tatuado o numero 11 no seu braço, ela fala muito pouco e está assustada, não demora muito tempo para que os amigos descubram que Onze tem super poderes e tem pistas que podem levar ao Will.

Em 2017 assisti algumas séries e sem nenhuma dúvida posso dizer que Stranger Thins foi minha série preferida em 2017 e para minha/nossa felicidade a Netflix liberou a segunda temporada durante o ano. Acredito que a maioria de vocês já devem ter assistido, mas, para quem não assistiu ainda deve dá uma oportunidade para essa série que conquistou meu coração.

Fonte: Google Imagens

Disputa Literária: Confesse, Colleen Hoover


12/01/2018
Brubs.

Um romance sobre arriscar tudo pelo amor — e sobre encontrar seu coração entre a verdade e a mentira. Da autora das séries Slammed e Hopeless. 
Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

Livro cedido em parceria pela editora Galera Record

Brubs:
Esse foi o livro escolhido na Disputa Literária de Outubro, a Aline saiu na frente na leitura e eu demorei para caramba para adquirir o livro, até que consegui finalmente comprar o ebook e quando iniciei a leitura, não consegui largar, o livro realmente é muito bom.
Não vou entrar em detalhes por a sinopse ser autoexplicativa, vou me adentrar mais no que senti lendo. 
Confesse foi o segundo livro da autora que li, ambos foram muitos bons e superaram minhas expectativas, foi uma leitura rápida, cheia de emoção, que me prendeu do início ao fim. Confesso que fiquei apaixonada por Owen, mas ao mesmo tempo fiquei nervosa com ele, pois não existia motivos para esconder as coisas tanto assim, isso me deixou um pouco chateada, mas no final de tudo achei tudo muito fofo e meus olhos chegaram a derramar algumas lágrimas.
A escrita de Hoover como já falei lá em cima, é muito rápida, fluida, nos agarra de uma tal forma que não conseguimos parar até chegar ao final e quando percebemos já estamos na reta final, bate um desespero porque não queremos terminar. Esse livro também me trouxe vários ensinamentos, vários tapas na cara, amei a personagem central Auburn eita mulher forte, guerreira, foi uma personagem que cresceu na história, minha preferida.
Posso ficar aqui falando até amanhã e nunca vou conseguir dizer o que sentir, só sei que amei o livro e com certeza indico! Classificação: 5/5

Aline:
Auburn aos 15 anos conheceu seu primeiro amor; amor que perdeu meses depois. Aos 21 anos ela encontra-se sozinha no Texas, trabalhando como cabeleireira e precisando de dinheiro. Ao passar em frente uma galeria de arte ela vê em um anúncio de emprego a possibilidade de ganhar uma grana extra. Do outro lado temos Owen um jovem pintor bem sucedido, assim como Auburn ele tem vários segredos. 
Quando aparece livro da Colleen Hoover no catálogo não penso duas vezes já faço solicitação para Galera Record, apesar de Confesse não ser o meu livro preferido da autora é um livro ótimo; Colleen Hoover consegue transformar um clichê em um livro único, os livros dela sempre vão para um rumo que eu nunca consigo imaginar, outro ponto forte da autora é a química que ela consegue criar entre os personagens, com Confesse não é diferente é uma trama que contém todas essas características. Dessa forma não restá dúvida que fica aqui nossa indicação. Classificação: 5/5.

Obsevarções sobre o autor/livro:

Colleen Hoover vive no Texas com o marido e três filhos. Autora das séries Slammed e Hopeless, ambas na lista de mais vendidas do New York Times. Confesse foi publicado pela Galera Record em 2017 com 320 páginas.

Maratona Literária de Verão #JornadaMLV


10/01/2018
Aline Nascimento


Mais uma vez vou participar da Maratona Literária de Verão 2018, criada pelo Victor Almeida do Geek Freak, esse ano a maratona será uma aventura ou melhor será a #JornadaMLV, terá dois reinos Arcania e Galtero, aos poucos o Victor foi liberando o mapa com as cidades desses reinos e consequentemente liberando os desafios para cada Reino, eu escolhi o reino de Arcania, abaixo deixo o vídeo de apresentação do Victor aonde ele explica melhor como funcionará a Jornada que acontecerá do dia 13 à 27 de Janeiro.




Desafios do Reino de Arcania e os livros que escolhi para cumpri-los: 

• Ler um livro que era pra você ter lido em 2017 
Criaturas e criadores - Histórias Para Dias De Terror, Vários Autores

• Ler um livro com um hype antigo (que já fez sucesso há um tempo) 
Trono de Vidro - Sarah J. Mass

• Ler um livro nacional da atualidade (que foi publicado nos últimos 5 anos) 
Uma história de verão - Pam Gonçalves

• Ler um livro de um autor que você nunca leu antes
Sejamos todos feministas - Chimamanda Ngozi Adichie

Desafios do Rei e da Rainha:

• Vitor Martins: Ler um conto
Para Cada Infinito (Contar & Criar #2) - Victor Almeida

• Mayra: Ler um livro comprotagonista feminina
Trono de Vidro - Sarah J. Mass (para essa categoria repeti o mesmo livro)

E vocês vão participar da maratona? qual o livro que vocês mais deseja ler durante essa maratona, me conta nos comentários ;)

1001 livros para ler antes de morrer, Peter Boxall #1


09/01/2018
Aline Nascimento

No ano de 2018 vou começar o projeto do livro 1001 livros para ler antes de morrer do autor Peter Boxall, será um projeto para vida toda, afinal são MUITOS livros, separei o livro em três categorias, livros que já li, livros que tenho e quero ler e livros que desejo adquiri para ler; na minha realidade acho que nunca conseguiria ler os mil e um livros mencionados pelo autor, então escolhi aqueles que realmente tenho vontade de ler um dia.
Hoje vou atualizar vocês mostrando os livros que já li e os livros que tenho e desejo ler, afinal são poucos, na próxima postagem mostrarei os livros que desejo adquirir.


  • Lidos

Alice no país da maravilhas - Lewis Carroll
Alice através do espelho - Lewis Carroll
Dom Casmurro - Machado de Assis
O pequeno príncipe - Antine de Saint-Exupéry
A revolução dos bichos - George Orwell

  • Tenho 

As mil e uma noites - Anônimo
O morro dos ventos uivantes - Emily Brontë
Os miseráveis - Victor Hugo
O quinze - Rachel de Queiroz
Admirável mundo novo - Aldous Huxley
Capitães da areia - Jorge Amado
1984 - George Orwell
Fundação - Isaac Asimov
O sol é para todos - Harper Lee
Laranja mecânica - Anthony Burgess
Ragtime - E. L. Doctorow

São poucos perante os livros que eu desejo do 1001 livros para ler antes de morrer, mas no decorrer dos anos essa lista de lidos e adquiridos irá aumentando gradativamente. 

Obs:.Este projeto foi inspirado em alguns Booktubers que acompanho Duda Menezes entre outros.

Belinda & Em, Cammie McGovern


07/01/2018
Brubs.

Autora de “Amy & Matthew”, Cammie McGovern volta às livrarias contando a história de uma outra dupla desta vez. Emily sempre se orgulhou da sua capacidade de enxergar além das aparências. Copresidente da Coalizão para Ação Jovem da escola, é a primeira a defender os direitos das minorias. Mas, secretamente, Emily ainda é um pouquinho fascinada pelos populares da escola. E nutre um leve rancor quanto a sua inexistente vida amorosa. É justamente enquanto pensa nisso que a garota testemunha uma colega de classe com necessidades especiais, Belinda, ser atacada embaixo das arquibancadas da escola. E não faz nada. Emily e Lucas, outra testemunha passiva do ataque, são obrigados a prestar serviço comunitário em um centro de pessoas como Belinda. Logo os jovens começam a sentir que podem fazer uma diferença real.

Livro cedido em parceria pela editora Galera Record

Como vocês já sabem, as sinopses ultimamente são auto explicativas, então em todas minhas resenhas vou me apegar ao que senti e achei do livro. Ok?!

Belinda & Em foi um livro que me chamou bastante atenção com sua sinopse e por alguns comentários que observei nas redes sociais. Ele traz em sua história uma personagem que é “deficiente” aparentemente demonstra ter algum tipo de “autismo” ou algo parecido, essa personagem é Belinda, existem outros personagens assim na história que faz o livro ser tão fofo.
 
É um livro que vem nos ensinar uma grande lição, além de mostrar que pessoas com deficiências são pessoas “normais”; mostra o quanto elas são fortes.
Também apresenta aquela famosa divisão nas escolas, populares de um lado e nerds do outro e ambos não podendo se misturar, mas nesse livro em questão mostrou que isso pode acontecer e até que nessa "mistura" pode nascer uma enorme amizade e um lindo romance.

Eu particularmente gosto de livros juvenis que falam sobre isso, pois eu amo a forma com que os autores trabalham o mesmo, como eles conseguem por muitas vezes demonstrar o que realmente se passa na cabeça dos jovens, é uma idade de dúvidas, cada um encontrando sua personalidade e esse livro em questão mostra muito bem isso, principalmente pelo personagem Lucas, pois ele faz parte do grupo dos populares é jogador de futebol e o mesmo acaba questionando se o mundo em que ele vive tem a ver com ele.

Mas o que me ganhou mesmo foi a força de Belinda de querer ganhar o mundo, o medo de decepcionar sua Vó e sua mãe, a forma como que a autora conseguiu demonstrar os pensamentos de Belinda foi tão verdadeiro que às vezes me senti dentro da história, por vezes queria poder abraçar Belinda e tentar ajudá-la de alguma forma.

Mesmo eu falando tão bem do livro, confesso, que a leitura demorou um pouco para fluir, achei muito arrastada, muita descrição e pouca ação, a história deu um Up mesmo do meio para o final e por isso retirei algumas estrelas deixando a história com três estrelas, mas peço que quem puder ler o livro, dê uma chance não vão se arrepender.

Obsevarções sobre o autor/livro:


Cammie McGovern foi premiada com uma bolsa de estudos na Stanford University e tem recebido numerosos prêmios por sua criatividade e habilidade em curta ficção. Suas histórias têm aparecido em várias revistas e jornais, e ela é autora de outros romances, como The Art of Seeing. Ela vive em Amherst, Massachusetts, com seu marido e seus três filhos, o mais velho é autista. Ela é uma das fundadoras do Whole Children, um centro de recursos que oferece aulas extra-escolares e programas para crianças com necessidades especiais. Belinda & Em foi publicado no Brasil em 2017 pela Galera record com um total de 400 páginas. Classificação: 3/5.